Chantilly: por que apostar nesse produto em sua confeitaria?

Você tem uma confeitaria e precisa inovar nas criações de doces, sobremesas e bebidas quentes ou frias? Então você já deve ter percebido como o Chantilly é um ingrediente queridinho e muito presente nas receitas da concorrência.

Mas como saber comprar, o ponto certo e as características de um bom produto? Descubra em nosso post super completo sobre o assunto!

Chantilly: praticidade, utilidades e rendimento

A versatilidade e rendimento desse produto são fundamentais para qualquer confeiteiro. Se ele vier pronto então, são ótimos motivos para não tirá-lo de suas receitas.

O produto precisa dar conta de recheios e decorações de sobremesas diversas como bolos, tortas, mousses, pavês e até de bebidas quentes como cafés e chocolates, sem deixar a desejar. Dependendo do empreendimento, ele precisa render para todas essas finalidades, conferindo agilidade no processo.

Por isso, indicamos a versão do Chantilly pronto para bater: uma embalagem de 1 litro pode cobrir até 8 bolos de 20 cm. Dá para perceber que esse produto rende bastante, não é? 

Para utilizá-lo, basta abrir a caixinha e colocar o produto na batedeira planetária ou no sifão. Essa é uma opção bem mais econômica, em tempo e dinheiro!

Lembre-se que para obter melhores resultados, é necessário que o chantilly seja batido até chegar no ponto certo, ou seja, quando ele apresentar uma textura consistente, que não seja nem tão firme e nem tão mole. Para chegar a esse ponto, ele deve:

  • ser batido em uma temperatura entre 5ºC e 8ºC na batedeira planetária, a uma velocidade média de batimento entre 128 e 136 RPM;
  • ser agitado no sifão (não precisa estar necessariamente gelado) por, no mínimo, 20 vezes. 

Isso é muito importante porque, se não houver o equilíbrio, será mais difícil de manusear o produto. Se ele estiver muito duro, pode grudar na espátula ou no bico da batedeira. Se ele estiver muito mole, será eficiente apenas em recheios, por que ele não terá estabilidade suficiente para se manter sem rachar ou desmontar. 

A conservação faz toda a diferença

O ponto certo do produto é um dos fatores principais para promover o sucesso dele, mas não é o único. Vale frisar que o modo correto de armazenamento e de conservação do chantilly são essenciais para assegurar a sua qualidade e o seu frescor em todas as ocasiões.

Veja só alguns cuidados que servem não só para ele, mas também para os demais produtos UHT, como as bebidas lácteas e o creme culinário:

  • mantenha as embalagens fechadas em temperatura ambiente;
  • fique de olho na validade;
  • deixe o produto estocado em um local fresco, seco e arejado;
  • evite a exposição ao sol;

Depois que a embalagem for aberta, o produto não batido deve retornar à geladeira e permanecer no local por até 3 dias, seguindo as condições de armazenamento da embalagem.  

Já o chantilly batido pode ser armazenado por até 3 meses no freezer, desde que você não acrescente corante ou outros ingredientes e o transfira para um pote bem lacrado, cobrindo a superfície do creme com um plástico filme. 

Promove a inovação em qualquer cardápio

Quem nunca sentiu pena de comer uma sobremesa tão bem elaborada com o chantilly? O fato de ele transformar a aparência de qualquer doce ou bebida é, definitivamente, um dos grandes atrativos deste produto! 

Você pode soltar a criatividade e elaborar vários tipos de decoração com ele. Não é à toa que muitos confeiteiros usam corantes, frutas e até mesmo flores (comestíveis ou não) para incrementar o visual dos doces. 

Apesar de o acabamento ser um show à parte, não dá para negar que a melhor parte é comer a sobremesa com chantilly! O seu sabor leve e cremoso incrementa qualquer tipo de receita, desde uma torta de limão até um merengue de abacaxi.  

O chantilly pode fazer o seu negócio se destacar da concorrência

Talvez você não tenha parado para pensar sobre, mas o simples fato de usar esse produto nas suas receitas pode bombar as vendas da sua confeitaria e destacá-la da concorrência

Como as confeitarias atuam em um ramo muito competitivo, ganha quem souber inovar em seu cardápio. Esse é o caso de quem aposta no uso do chantilly nas suas sobremesas, porque esse ingrediente propõe mais sabor e beleza a qualquer tipo de doce. 

Conclusão

Não tem como negar: o chantilly é um super aliado nas vendas das sobremesas da sua confeitaria, pois garante inovação e sabor a elas!

Porém atenção: busque por um fornecedor de confiança, que entregue um produto com excelente performance nos quesitos rendimento, brancura, textura lisa e estabilidade.

E já sabe: sempre que se deparar com chantilly poroso, firme ou mole demais, mesmo depois de bater no tempo ideal, ou que apresente viscosidade ou sinérese, não vale a pena continuar arriscando sua produção com ele.

Pesquise bastante, pois um bom confeiteiro sabe diferenciar um chantilly bom de um ruim. Caso contrário, você pode sair perdendo para seus concorrentes em aspectos visuais e de sabor. 

Não deixe de assinar a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!