Como alisar o Chantilly e ganhar tempo na produção de sobremesas?

Uma das grandes dúvidas de todo confeiteiro é como alisar o chantilly no recheio ou decoração de um bolo, de forma que ganhe tempo de produção dessa sobremesa e deixando-o lisinho e impecável aos olhos do seu cliente. 

Se você enfrenta dificuldades na realização desse processo – que requer prática, mas também requer a escolha de um bom Chantilly – continue a leitura e veja como deixar o seu bolo lisinho e impecável de uma vez por todas!

O que ajuda a alisar o chantilly da melhor forma? 

Antes de alisar o seu bolo, é necessário conhecer e reconhecer as qualidades do chantilly para obter bons resultados. 

O primeiro fator é o ponto. Para decorações, o ideal é que o produto não esteja nem tão mole, nem duro demais. E procure sempre batê-lo enquanto ele estiver bem gelado (é aconselhável que ele esteja armazenado na geladeira há, pelo menos, 12 horas antes de ser batido). 

Já para recheios, coloque-o em uma manga de confeitar com um bico de confeitar na ponta, porque isso ajuda a distribuir o produto por toda a massa. 

Depois de rechear o seu bolo, você vai precisar de uma espátula para alisá-lo. Pode ser a que você tiver em casa ou em sua loja; o importante é conhecer bem o processo de alisamento para realizá-lo da melhor forma, deixando a sobremesa em uma textura lisa, sequinha e uniforme. 

Como alisar o chantilly?

Agora que você já sabe o que precisa ser feito antes de alisar o bolo, é hora de anotar o passo a passo que torna esse processo possível:

1 – Deixe a espátula reta 

Para alisar a silhueta de um bolo, a espátula precisa estar reta e em pé. Não a deixe nem muito aberta e nem muito fechada. Caso contrário, você pode deixar a silhueta desuniforme, criando partes maiores ou menores no bolo e, assim, prejudicar o alisamento. 

2 – Encoste a espátula levemente no bolo

Ao encostar a espátula de forma leve e delicada, você consegue ter um maior controle do alisamento e evita irregularidades. Para tornar esse processo mais fácil, é aconselhável apoiar o bolo em um suporte giratório (também chamado de bailarina) e o rodar conforme você alisa a massa.  

3 – Limpe a espátula conforme o alisamento

Dessa forma, você evita o acúmulo de chantilly na espátula e consegue ter maior sucesso no processo. 

4 – Pratique!

Não tem segredo: quanto mais você pratica, mais confiança você ganha na hora de deixar o seu bolo lisinho e perfeito para o seu cliente.

Você pode (e deve) repetir essas técnicas quando quiser alisar o chantilly na superfície do bolo. Basta encostar a espátula, rodar a bailarina e retirar o excesso. 

O que pode dar de errado nesse processo? 

Na realidade, o processo em si é simples e só está sujeito a falhar se o chantilly não estiver no ponto correto.

Se o produto ficar muito duro, ele pode rachar enquanto estiver armazenado na geladeira, porque o frio é capaz de ressecá-lo e, assim, comprometer totalmente o resultado final. Por outro lado, o produto muito mole pode escorrer durante o processo de alisamento. Por isso, é sempre aconselhável bater o produto gelado (o que minimiza as chances de ele derreter) até ficar com uma consistência equilibrada. Lembrando que se bater o produto quente, ele não vai montar. 

Caso você note que o seu chantilly está muito aerado (ou seja, cheio de pequenas bolhas), é necessário acrescentar e bater mais um pouco de produto, deixá-lo um pouco mais mole do que o de costume, colocá-lo no bolo e passar novamente a espátula.

Vale lembrar que o processo de alisamento é o mesmo no caso de um chantilly colorido. Nessa situação, as únicas interferências são o tingimento (que pode ser feito com o corante em gel) e o ponto do produto, que pode ficar um pouco mais duro para se atingir a cor desejada. 

Conclusão

Ao contrário do que parece, alisar o chantilly não é uma tarefa fácil e exige muito treino e prática. Por isso, não se frustre caso você não consiga de primeira. Ao adquirir experiência, a tendência é que, com o passar do tempo, você seja capaz de realizar essa tarefa de forma rápida e, assim, ganhar tempo de produção. 

Vale lembrar que um dos segredos do sucesso do alisamento é a estrutura do bolo, que precisa estar impecável para você ter melhores resultados. 

Essa é a hora de colocar a mão na massa (literalmente)! Se a prática leva à perfeição, então garanta já o seu chantilly com um fornecedor de confiança, atente-se à estabilidade, à brancura e à performance do produto, e comece já a alisar os seus bolos e a garantir resultados perfeitos. 

Não deixe de assinar a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!